top of page

Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos

                    para Crianças e Adolescentes

download.jpg

 

O que é o SCFV? Trata-se de um serviço da Proteção Social Básica do SUAS, regulamentado pela Tipificação Nacional de Serviços Socioassistenciais (Resolução CNAS nº 109/2009). Foi reordenado em 2013 por meio da Resolução CNAS nº01/2013.

 

Esse serviço é ofertado de forma complementar ao trabalho social com famílias que é realizado por meio do Serviço de Proteção e Atendimento Integral às Famílias (PAIF) e do Serviço de Proteção e Atendimento Especializado às Famílias e Indivíduos (PAEFI). O SCFV possui um caráter preventivo e proativo, pautado na defesa e afirmação de direitos e no desenvolvimento de capacidades e potencialidades dos usuários, com vistas ao alcance de alternativas emancipatórias para o enfrentamento das vulnerabilidades sociais. Deve ser ofertado de modo a garantir as seguranças de acolhida e de convívio familiar e comunitário, além de estimular o desenvolvimento da autonomia dos usuários.

Nesse contexto, a ASCOM participou do Edital de Chamamento Público nº 23/2022 - SEDES e foi selecionada e habilitada para executar o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos para 100 (cem) Crianças e Adolescentes de 6 a 17 anos, no período de 48 (quarenta e oito) meses, podendo ser prorrogado por igual período.

As atividades estão planejadas de modo a focar na concepção de um espaço de convivência, formação para a participação e cidadania, desenvolvimento do protagonismo e da autonomia das crianças e adolescentes, a partir dos interesses, demandas e potencialidades dessa faixa etária. As intervenções devem ser pautadas em experiências lúdicas, culturais e esportivas como formas de expressão, interação, aprendizagem, sociabilidade e proteção social. Inclui crianças e adolescentes com deficiência, retirados do trabalho infantil ou submetidos a outras violações, cujas atividades contribuem para resignificar vivências de isolamento e de violação de direitos, bem como propiciar experiências favorecedoras do desenvolvimento de sociabilidades e na prevenção de situações de risco social.

Assim, de segunda a sexta-feira no contraturno escolar (50 crianças/adolescentes por período, matutino/vespertino) são atendidas em por uma equipe equipe técnica mutidiscipilnar (coordenador, pedagogo, assistente social educadores e oficineiros), sendo realizadas atividades lúdicas, culturais, esportivas, inclusão digital e de estímulo a formação e participação à cidadania. Para conhecer o Plano de Trabalho: CLIQUE AQUI

TRANSPARÊNCIA ASCOM-DF (SCFV TC 18-2022) formato 2 - maio 2024_page-0001.jpg
bottom of page